PARTICIPE! FORME SUA CARAVANA!!

PARTICIPE! FORME SUA CARAVANA!!

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Secretaria de Assistência Social lança programa de alfabetização de moradores de rua

Assecom Bacabal
A secretaria de Assistência Social de Bacabal, lançou ontem o primeiro programa de alfabetização de moradores de rua. Esse público é atendido no Centro Pop, localizado no bairro Areia e onde foi ministrada a aula inaugural na quarta-feira (17).

Estiveram presentes no evento a secretária de Assistência Social, Ivaneide Brandão, o Coordenador do Centro Pop Leandro Fontenelle, além de técnicos da Secretaria. Iris Gouveia, representando a secretaria de Educação, explicou sobre a parceria: “Nós da Secretaria de Educação estamos muito felizes ao podermos oferecer para essas pessoas tão carentes uma oportunidade de acreditar novamente na vida. Essa parceria com a secretaria de Assistência Social permite reintegramos ainda mais essas pessoas à sociedade".
A secretaria de Educação oferece professores para o programa além do material didático. A secretaria de Assistência Social oferece as instalações do Centro Pop e todo o quadro de servidores para que o programa seja operacionalizado.  É isso que explica a professora Maria das Dores, responsável pela alfabetização: “ A secretaria de Educação está somando com o Centro Pop, atendendo a um pedido da secretaria de Assistência Social. É um trabalho social que nos deixa bastante gratificadas”.

Walber Soares, um dos assistidos no Centro Pop, disse que esse programa é “ muito gratificante e nós só temos a agradecer pelo empenho de toda essa equipe para nos proporcionar coisas boas”.


Alto Alegre e São Paulo Apóstolo jogam hoje(18/10) pelas quartas de final no estádio Correão, confira a hora dos jogos

Estas são as duas equipes que saíram classificadas do polo 2, Brejinho.


quarta-feira, 17 de outubro de 2018

HOSPITAL MATERNO INFANTIL ADERE À CAMPANHA OUTUBRO ROSA

Assecom Bacabal
Está acontecendo durante todo o dia de hoje, 17, mais uma ação voltada para o combate e prevenção do câncer de mama. Desta vez, a secretaria municipal de saúde escolheu o Hospital Materno Infantil, para o fortalecimento da campanha.

A ação, que contou a presença da secretaria de Assistência Social Ivaneide Brandão e com participação das funcionárias do hospital, acompanhantes dos pacientes e do público em geral, constou de orientações objetivas sobre a importância de saber identificar sinais e sintomas de risco, fazer o autoexame da mama, conhecer as políticas publicas para quem sofre desta doença e de testemunhos e histórias de superação de quem conseguiu vencer a doença.

É o caso da professora Vanderleia Araújo de 48 anos, que retratou a importância do apoio familiar e destacou que, tentar esconder a doença não ajuda em nada. “Diante de uma situação como a descoberta do câncer de mama que as pessoas procurem não esconder. Porque isso é uma coisa que pode acontecer com qualquer pessoa. O câncer não escolhe família, cor, situação financeira; o câncer acontece. Procure se conhecer a cada dia, se tocar, e procurar acima de tudo, não ter vergonha de falar e buscar orientação médica”.

Outro testemunho que emocionou os presentes foi o da aposentada Cleomar Cândido de 59 anos. Ela descobriu o tumor maligno em Julho 2015. Hoje ainda passando por etapas menos evasivas do tratamento, ela disse que sofreu muito quando recebeu a notícia, mas que é preciso “primeiro lugar muita fé em Deus; se você não tiver fé, você não chega a lugar nenhum. Eu passei por cirurgia, quatro sessões de quimioterapia e mais trinta sessões de radioterapia. O tratamento são cinco anos e graças a Deus já estou no terceiro e estou bem,” concluiu.
Além das orientações repassadas pela Dra. Maria Gorete Silva, acadêmicos do curso de Serviço Social da UNIP/FACAM, também realizaram ciclo de palestras e pesquisas acadêmicas. “Como instituição um dos nossos papeis é externar e servir a comunidade. É uma campanha de conscientização. A importância do autoexame das mamas, se por acaso acontecer, quais as politicas publicas que as assistem, e é isso que é importante,” disse Aline Mendes diretora UNIP/FACAM.

Sandra Oliveira que é Assistente Social do Hospital Materno Infantil, falou sobre o objetivo do projeto que foi intitulado “Outubro Rosa – Uma campanha para tocar fundo no peito”. “Este projeto foi criado com objetivo de esclarecer o que é o Outubro Rosa. Isso é uma forma de conscientizar essas mulheres para sinais e sintomas de um futuro câncer de mama e saber o que fazer quando isso ocorrer”, frisou.

A diretora do Hospital Materno Infantil Ivonilde Feitosa Pinto, reconhece a importância da campanha e principalmente deste publico para a realização da ação. “Quero agradecer a todos que participaram deste projeto. O Hospital Materno Infantil abriu as portas até porque aqui a gente trabalha com mulheres, aqui é uma família. Trabalhamos com prevenção, mas, aqui também assumimos o compromisso de que no próximo ano, o Hospital Materno Infantil esteja totalmente equipado para dá todo apoio a todas as mulheres que passarem por um problema desses.”

Congresso derruba veto ao aumento do piso salarial de agentes comunitários de saúde

Deputados e senadores reunidos em sessão conjunta do Congresso Nacional nesta quarta-feira (17) decidiram derrubar o veto (VET 32/2018) do presidente Michel Temer ao piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. Assim, voltará a valer a remuneração nacional da categoria prevista na medida provisória (MP) 827/2018, aprovada em julho pelo Congresso. A matéria segue para a promulgação.

Pela MP, os agentes receberão R$ 1.250 a partir de 2019; 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021.

O presidente da República sancionou a nova regulamentação profissional da categoria (Lei 13.708/2018), mas vetou os seis pontos do texto que tratavam do reajuste. Foi mantido apenas o veto que determina que, a partir de 2022, o piso seria reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

De acordo com o Palácio do Planalto, a matéria aprovada pelo Congresso Nacional cria despesas obrigatórias sem estimativa de impacto orçamentário e viola a iniciativa reservada ao presidente da República no que diz respeito à criação de cargos e aumento de sua remuneração.
Derrubada do veto

Senadores e deputados que usaram a palavra durante a votação da matéria defenderam a derrubada do veto. O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e a deputada Érica Kokay (PT-DF) destacaram o compromisso do Congresso na valorização desses profissionais.

— Aprovamos aqui este reajuste até 2021, foi vetado pelo Presidente da República, mas a última palavra é do Legislativo – ressaltou Flexa.
O deputado Hildo Rocha (MDB-MA) disse que reajustar os salários dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias é o mesmo que aumentar o investimento em prevenção.

— Não é aumento de salário. Aqui está se falando em reequilibrar o salário desses profissionais. Sem eles não vamos conseguir controlar os diversos tipos de doenças, além de aumentar a despesa com a saúde curativa- avaliou.
O deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE) lembrou que o reajuste é uma luta antiga desses profissionais.

— São cerca 300 mil agentes de comunitários e 100 mil agentes de combate às endemias no país que desde o ano de 2013 vêm lutando para que possamos ter uma legislação que garanta as suas atividades e um salário digno - defendeu.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E ANIMAL DEIXA 19 PESSOAS FERIDAS E UMA MORTA

Na noite desta terça-feira (16), uma colisão envolvendo um ônibus e um animal deixou uma pessoa morta e 19 feridas, no km 117, da BR 316, no município de Santa Luzia do Paruá, noroeste do Maranhão.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 19h50. Após colidir em um animal o ônibus capotou.

Um senhor de 75 anos, identificado como Juvenal Fialho Brito morreu. Ainda de acordo com a PRF, durante toda a noite equipes policiais e médicas trabalharam no atendimento às vítimas, na sinalização e segurança do local do acidente.

Portal MA10

BREJINHO! ANIVERSARIANTE DO DIA, ENFERMEIRO SEGUNDO

A equipe da UBS do distrito de Brejinho, felicita nesta data especial, o enfermeiro Albeci Silva Alves Segundo, conhecido por todos como, enfermeiro Segundo, que tem prestado a 4 anos, um excelente trabalho nesta unidade básica de saúde, a toda a comunidade.
Nesta manhã de quarta-feira(17/10) o enfermeiro Segundo esteve na unidade de ensino infantil Amiguinhos do ABC, realizando uma palestra sobre a importância dos alimentos saudáveis.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

EM BACABAL, A ORDEM DE VOTAÇÃO SERÁ: PRIMEIRO PRESIDENTE, DEPOIS PREFEITO

Paralelo ao segundo turno das eleições 2018, em 28 de outubro, data em que a nação decidirá o novo presidente do país e alguns estados novos governadores, o Maranhão realizará pleito em Bacabal para que a população escolha quem será o novo prefeito da cidade, tendo em vista que o eleito em 2016 (Zé Vieira) teve o registro de candidatura mantido indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral em junho deste ano.

Bacabal fica localizada a 250 km da capital São Luís e o número de eleitores aptos a votar é de 58 mil 494. A condução dos trabalhos no município é do juiz eleitoral Jorge Antonio Sales Leite.
Por telefone, o magistrado explicou que vem promovendo rodadas de conversa com representantes das coligações, partidos e candidatos para que os atos de campanha atendam ao que estabelece a lei, evitando que ilícitos sejam praticados. Informou também que foram protocolodas mais de 50 representações, a maioria já julgadas, entre elas, direitos de respostas.

“Estamos dedicando também especial atenção ao transporte de eleitores e repetiremos a estratégia do primeiro turno que foi cadastrar 8 ônibus escolares cedidos pelo município. Isto é necessário porque Bacabal não possui transporte público regular e muitos eleitores não têm como se deslocar até os locais de votação”, explicou Leite.

Concorrem ao cargo 5 candidatos:

- Cesar Brito (PPS 23) pela coligação “Bacabal vai vencer”;
- Edvan Brandão (PSC 20) pela coligação “Bacabal em primeiro lugar”;
- Giselle Veloso (PR 22) pelo Partido da República;
- Luizinho Padeiro (PSB 40) pelo Partido Socialista Brasileiro;
- e Professor Maninho (PRB 10) pelo Partido Republicano Brasileiro.

Ordem de votação

Em Bacabal, a ordem de votação na urna eletrônica será: primeiro presidente (2 dígitos) e depois prefeito (também 2 dígitos). É importante que os eleitores estejam atentos a isso para evitar que digitem números equivocados e anulem o voto, caso não corrijam antes de apertar a tecla confirma.

Segurança

O comando da Polícia Militar do Maranhão garantiu ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão que irá dedicar efetivo especial para atuar na eleição de Bacabal com vistas à tranquilidade do processo.

Geração de Mídias e Carga e Lacre

As audiências de geração de mídias e de carga e lacre das urnas que serão usadas nas eleições de Bacabal ocorrerão, respectivamente, nos dias 23 e 25 de outubro, a partir das 8h, no Fórum Eleitoral da cidade, situado na Avenida Barão de Capanema, número 65 - Centro.