PARTICIPE! FORME SUA CARAVANA!!

PARTICIPE! FORME SUA CARAVANA!!

domingo, 1 de abril de 2018

A ORIGEM E O SENTIDO DA PÁSCOA CRISTÃ

Você sabe qual a origem da Páscoa cristã, o porquê do nome da celebração e o verdadeiro sentido da festa?

A origem da Páscoa (Pascoa Judaica – Pessach)

Durante os muitos anos em que os israelitas viveram como escravos do Faraó no Egito, Deus enviou Moisés para libertá-los e enviá-los de volta a Israel, a Terra Prometida.

A tarefa de Moisés não seria fácil, e Deus enviou várias provações, ou as pragas, para que o Faraó se convencesse a libertar o Seu Povo, porém o Faraó permanecia duvidando da existência do Deus de Israel e se recusava a libertar os Hebreus.

Depois de nove pragas que quase acabaram com o reino egípcio e das negativas do Faraó, Deus enviou aquela que seria a pior praga para todos no Egito: Um anjo destruidor foi enviado pelo Senhor para eliminar todo primogênito de todas as famílias egípcias.praga

“E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o Senhor.”(Êxodo 12:12)

Para se salvarem, os israelitas que acreditavam em Deus teriam que fazer o sacrifício de um cordeiro e marcar a porta de sua casa com seu sangue, para que o anjo destruidor não passasse por suas casas, salvando assim seus primogênitos.

Daí surgiu o termo Páscoa, do Hebreu Pessach, que significa “pular a marca”, “passar por cima” ou “poupar”.

saída
O evento serviu para que o Faraó, que também perdeu seu primogênito, não só permitisse que o povo hebreu se fosse, mas também serviu como uma profecia para o “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (João 1:29).

Desde a libertação os israelitas passaram a comemorar a Páscoa toda primavera, como a libertação do povo da escravidão no Egito.

E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao Senhor; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo. (Êxodo 12:14).

A Páscoa no Novo Testamento

A Páscoa Cristã

sepulcro-vazio
Assim como os Hebreus foram salvos pelo sangue do cordeiro na praga enviada ao Egito, somos salvos pelo Sangue do Cordeiro, que morreu na cruz para livrar-nos dos pecados do mundo.

Por isso a celebração da Páscoa pelos cristãos é tão importante quanto o próprio nascimento de Cristo, pois ela comemora a ressurreição do Cordeiro de Deus, nosso Salvador.

A comemoração da Pascoa não somente festeja a ressurreição de Cristo, mas a vida eterna que Deus tem para todos nós.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
(João 3:16).

Nenhum comentário:

Postar um comentário